A importância da contabilidade para a micro e pequena empresa

Tempo de leitura: 3 minutos

A contabilidade para pequenas e microempresas é tão ou mais importante que para organizações de maior porte. Não se esqueça que negócios de menor faturamento, sobretudo em seus primeiros anos, passam por uma situação de extrema fragilidade para se viabilizar no âmbito de determinado nicho de mercado.

Entre os fatores que chamam a atenção em se tratando do papel da contabilidade temos a necessidade de se estabelecer um planejamento tributário, interpretar a leis que dizem respeito a interface contábil em que se atua, avaliar a viabilidade financeira do negócio, entre outras questões. No post de hoje, vamos tratar das principais delas. Não deixe de conferir!

Planejamento tributário

Pequenas e microempresas, antes mesmo de iniciarem suas operações, precisam tomar uma decisão nada simples, que é escolher o regime tributário mais vantajoso para se enquadrarem. Nada simples porque uma escolha equivocada significa pagar mais tributos do que deveria, situação indesejada por qualquer empresa não é mesmo?

E para proceder com esse tipo de análise você deve contar com um serviço profissional de contabilidade, que ficará responsável por interpretar a legislação e observar em qual cenário sua empresa incorre em menores custos.

Além disso, ainda deve haver uma preocupação em recolher todos os tributos sempre nas datas e proporções corretas. Não se esqueça que irregularidades fiscais implicam em pesadas multas e podem, até mesmo, levar à suspensão das operações de sua empresa.

Viabilidade financeira

A contabilidade em micro e pequenas empresas também está diretamente ligada a gestão financeira. Em conjunto, essas duas interfaces de um negócio contribuem para o dimensionamento de todas as receitas e despesas, o que, por sua vez, permite aferir o potencial de lucro.

Esse trabalho de mensuração de desempenho financeiro é muito importante também para que você possa planejar seus próximos passos. No caso de um projeto de expansão, por exemplo, é preciso ter certeza que haverá liquidez para financiar uma nova sede, a contração de mais funcionários, entre outros investimentos que façam o negócio crescer.

Temos também o outro lado da moeda, que são aqueles momentos em que se deve colocar o pé no freio. Uma boa análise de desempenho contábil/financeiro também contribui para a observação de situações adversas, que demandam uma resposta rápida, que geralmente vem na forma de corte de custos.

Trabalho de auditoria

Pouco se fala em processos de auditoria em micro e pequenas empresas, mas eles existem. Ou, pelo menos, deveriam existir. Isso porque essa é a única forma de avaliar a conformidade dos processos de trabalho em curso a parâmetros legais e de eficiência.

Por isso, com alguma regularidade, seja ela anual, semestral ou por tempo de vida de um projeto, é importante contar com esse tipo de serviço. Trata-se de um trabalho importante que poderá identificar erros e problemas que podem ter passado despercebidos.

Depois de conferir o post de hoje sobre a importância da contabilidade para micro e pequenas empresas, esperamos que você tenha se convencido de que, independentemente do faturamento ou do tamanho de suas operações, não é convém abrir desse tipo de serviço. O bom andamento de suas atividades e o futuro de sua empresa como um todo depende disso.

Queremos também saber sua opinião sobre todas as informações aqui trazidas! Não deixe de registrá-la nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *