Afinal, o que faz um escritório de contabilidade?

Tempo de leitura: 3 minutos

Para muitas pequenas e médias empresas falta um entendimento claro sobre o que é e como funciona um serviço de contabilidade. Muitos empreendedores chegam a descartar a necessidade de um serviço profissional sob a justificativa de que podem lidar com todas as atribuições que ficariam a cargo de um contador de forma autônoma.

Pensando em desconstruir este tipo de percepção e alertar para a importância da contabilidade, preparamos este post com tudo o que você precisa saber sobre o funcionamento deste tipo de serviço. Confira!

Abertura de empresa

Formalizar um negócio não é tarefa simples. Exige um grande entendimento sobre regimes fiscais e tributários, entre outras questões ligadas a aspectos legais. Nesse sentido, os principais pontos a serem observados são:

Definição do melhor tipo de regime tributário;
Opção pelos códigos de atividade do negócio;
Interpretação das alíquotas de impostos a serem pagos;
Criação de indicadores financeiros para acompanhamento do desempenho da empresa.

Análise financeira e econômica

Com base em relatórios contábeis e indicadores de desempenho financeiro o contador avalia e demonstra qual a situação patrimonial de uma empresa. Esse tipo de diagnóstica serve para pautar as ações de planejamento dos gestores da empresa que vão repercutir em todas as atividades da empresa e garantir o bons resultados para o negócio.

Acompanhamento de regularidade fiscal

Toda empresa precisa se manter em dia com suas obrigações fiscais e tributárias. Mais do que isso, é preciso acompanhar e comprovar a regularidade fiscais por meio de certidões negativas, com as famosas Certidões Negativas de Débitos (CNDs) que são emitidas por por contadores.

Escrituração contábil

As movimentações financeiras e contábeis de sua empresa devem ser registradas em sua totalidade e a partir de uma sistemática que permita uma boa organização e tratamento dos dados. Isso porque existem regras contábeis que dão diretrizes para esse trabalho de escrituração, que envolve:

  • seleção de documentos em situação de idoneidade;
  • compatibilização de operações de débitos e créditos;
  • Conciliação bancária.
  • Realização de balancetes de conferência.

Folha de pagamentos

O processo de geração de folha de pagamentos é um caso a parte em qualquer micro e pequena empresa. Trata-se de uma atividade complexa e cheia de minúcias, dado os vários detalhes que envolvem os processos de trabalho, que envolvem avaliar caso a caso, o que há de descontos, recolhimento de contribuição previdenciária e retenção de imposto de renda.

Podemos resumir as principais interfaces dessa atividade em:

  • Emissão de contracheques de funcionários;
  • Retirada do pro-labore de sócios e proprietários;
  • Geração de guias de INSS, FGTS e imposto de renda;
  • Emissão de relatórios dos dados da folha para o Fisco trabalhista;
  • Atualização do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

Planejamento tributário

O trabalho de planejamento tributário consiste, basicamente, em realizar um levantamento sobre quais são as obrigações fiscais da empresa com a preocupação de aplicar as alíquotas corretas de cada tributo. Também é necessário compatibilizar os pagamentos com a preocupação de não comprometer o fluxo de caixa da empresa sem incorrer em atrasos, que acabam gerando multas.

Encerramento de empresa

O contador é peça indispensável não somente na fase de abertura da empresa, mas também em um eventual encerramento de suas atividade. Muitos empresários que tentam lidar com essa processo de forma autônoma acabam cometendo equívocos graves, tornando tudo mais caro e demorado. Em alguns casos, esses erros podem provocar até mesmo ações judiciais.

Gostou do post de hoje? Deixe sua opinião nos comentários!

Solicite atendimento dos nossos especialistas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.