5 maiores erros de gestão de empresas de TI

Tempo de leitura: 4 minutos

Você sabe quais são os maiores erros de gestão de empresas de TI? Em meio a tantas atividades acontecendo simultaneamente, muitos gestores não conseguem dar toda atenção necessária para a administração da organização – comprometendo os resultados obtidos.

O mercado de TI está repleto de oportunidades, mas também existem inúmeras outras empresas batalhando por um espaço nesse mercado. Portanto, todos os diferenciais competitivos devem ser aproveitados para gerar vantagens em relação aos concorrentes, certo? Saber como gerenciar adequadamente a empresa faz toda a diferença neste momento.

Cada erro cometido pode comprometer os resultados financeiros, a credibilidade da marca ou a satisfação do consumidor. Por outro lado, uma boa gestão garante o crescimento constante da organização no mercado.

Para ajudá-lo a maximizar os resultados conquistados, veremos neste artigo quais são os 5 maiores erros de gestão de empresas de TI. Confira.

5 maiores erros de gestão de empresas de TI

Os maiores erros de gestão de empresas de TI são aqueles que comprometem os resultados conquistados e dificultam o desenvolvimento do negócio. Porém, engana-se quem pensa que eles estão relacionados somente ao contato direto com o cliente.

Uma empresa é composta de diversos setores que precisam trabalhar em conjunto para chegar a resultados satisfatórios, certo? A gestão de empresas de TI precisa coordenar todas essas atividades internas – integrando os processos internos para potencializar o desempenho.

Mas quais são os erros que podem comprometer o funcionamento desse sistema? É exatamente isso que veremos logo a seguir:

1. Falta de planejamento

Um dos maiores erros de gestão de empresas de TI é a falta de planejamento sobre as ações desenvolvidas no mercado. É preciso ter domínio sobre todos os objetivos buscados pela organização e traçar metas para alcançá-los no dia a dia de trabalho.

Como você enxerga a sua empresa em cinco anos? E como você pretende chegar até lá? O planejamento das atividades pode ser dividida em diferentes momentos para facilitar o acompanhamento da evolução:

  • Longo prazo: representa o planejamento de objetivos a serem alcançados depois de vários anos de atuação no mercado, servindo como um norte para os demais objetivos traçados.
  • Médio prazo: representa o planejamento para um período de menor duração – como um ano. Pode incluir metas de vendas, número de clientes fidelizados, corte de custos, estruturação dos processos internos, entre outras.
  • Curto prazo: representa o planejamento das atividades que acontecem no dia a dia do trabalho. Como cada uma das atividades da empresa deve ser executada? Qual é o papel de cada funcionário? Quais são as metas para essa semana? Cada uma dessas ações contribui para que todos os objetivos de médio e longo prazo sejam alcançados.

[Artigo] Melhores ferramentas de controle de tarefas para empresas de TI

[E-BOOK] Guia de Planejamento Estratégico

2. Problemas no posicionamento da empresa

Como a sua empresa se posiciona no mercado? É preciso fazer o público entender quais são os seus diferenciais em relação à concorrência e mostrar exatamente todo o valor que você pode entregar.

Quando isso não acontece, a sua empresa de TI se torna apenas mais uma em meio a tantas outras em atividade. Como consequência, torna-se difícil atrair e fidelizar clientes – afetando o desempenho obtido.

3. Ausência de controle financeiro

Quando falamos sobre gestão de empresas de TI é muito comum pensarmos no desenvolvimento das atividades internas, diferenciais de mercado e atração de clientes. Porém, por trás de todas essas ações, precisa existir uma segurança financeira.

Um bom controle financeiro garante a continuidade das atividades e permite o desenvolvimento da organização. Portanto, controlar todas as movimentações financeiras é uma ótima forma de criar as condições ideais para alcançar o sucesso.

4. Ações de marketing ineficientes

Empresas de todos os segmentos precisam investir em marketing para serem notadas pelo público – e com as empresas de TI isso não é diferente. Porém, esses investimentos devem ser feitos de forma consciente para otimizar os resultados.

A melhor solução para atingir uma boa relação de custo x benefício é explorar a internet para divulgar o seu trabalho. Com custos muito baixos é possível ampliar a presença da sua marca, construir reputação e ser notado pelos potenciais clientes.

5. Não reconhecer o valor da contabilidade

Você sabe a importância que a contabilidade especializada em empresas de TI possui para o seu negócio? Esse pode ser o maior erro de gestão de empresas de TI – que encaram a contabilidade apenas como um gasto extra no final do mês.

Todas as pessoas jurídicas brasileiras são obrigadas a possuir uma contabilidade. Porém, um serviço contábil de qualidade pode representar uma grande vantagem competitiva: além de garantir tranquilidade para o empresário, é possível reduzir custos decorrentes da errada escolha do regime tributário e extrair informações muito úteis que auxiliam na tomada de decisão.

Solicite atendimento dos nossos especialistas

Você já conhecia os maiores erros de gestão de empresas de TI? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.