Abertura digital de empresas veio para ficar?

Tempo de leitura: 6 minutos

A abertura digital de empresas veio para ficar! Isso mesmo, o título ficou confuso e você provavelmente ficou curioso, afinal, o conteúdo é sobre empresas digitais ou sobre o processo digital para abrir uma empresa

E eu te digo sobre o que falaremos: Sobre os dois!

É nítido que a tecnologia deu um chega para lá na burocracia e trouxe possibilidades infinitas, hoje é possível abrir uma empresa física sem sair de casa, como também criar uma empresa não necessariamente física. 

A abertura de empresas de forma digital já uma realidade, muitos empreendedores optam pelo processo on-line visando agilidade e desburocratização, para essa e outras etapas a contabilidade digital se faz essencial!

ARTIGO: O que é Ramo de Atividade e como definir sua empresa

Abertura de empresas, o processo digital

O acompanhamento e compartilhamento de informações entre empresas e órgãos públicos de forma digital é possível desde 2016, mas com a pandemia do Covid-19 a abertura de empresas e automação de processos de forma on-line foi efetivada de vez.

Hoje, é possível realizar a abertura de uma empresa de forma 100% on-line, no entanto, o registro do contrato social da empresa, permanece possível somente presencialmente. 

O processo digital se tornou realidade graças a diversos fatores, mas principalmente devido ao certificado digital, que possibilita aos empresários ter seu CNJP disponível e em mãos dentro de poucas horas.

As etapas para abertura de uma empresa de forma digital:

  1. Registro do contrato social – Esse é a etapa presencial, no cartório ou junta comercial da sua região você solicita o registro antes mesmo do CNPJ.
  2. Certificado digital- O certificado digital é uma ferramenta que permite que todos os tramites sejam feitos de forma segura e digital entre órgãos públicos e empresas, ele representa uma identidade digital com validade jurídica.
  3. Solicitação do CNPJ – A solicitação do CNPJ já é feita de forma digital pelo site da Receita Federal, é um processo simples e rápido, e em poucas horas o requerente estará com o documento a disposição!
  4. Inscrição estadual – É possível solicita-la através do site da Receita Federal também, e é ela que possibilita obter o ICMS. 
  5. Qual tipo de empresa é a sua? – Definir o formato da sua empresa é essencial, você chegará a essa resposta após estipular o ramo principal de atividade, faturamento e sociedades. (Ex: Sociedade Limitada, Microempresa, Mei…)
  6. Defina o regime tributário – Existem três tipos de regime tributário: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro real, eles são definidos a partir do porte e custos da empresa.
  7. Alvará – O alvará de funcionamento e localização é disponibilizado pelo próprio município, geralmente na prefeitura da sua cidade. É o documento que permite oficialmente a abertura de portas da sua empresa.

O processo de abertura de empresa inclui também o levantamento de documentação dos sócios e demais particularidades de cada tipo e tamanho de empresa, o tempo para abertura ficou próximo ao do processo presencial, cerca de três dias.

Apesar de o tempo não ser o grande diferencial do processo digital, podemos considerar outros pontos como fatores positivos:

– Economia com impressões a assinaturas;

– Locomoção;

-Desburocratização;

-Maior autonomia;

-Segurança nas informações.

Opções de abertura, empresa digital

Conforme o título sugestionou, não falaríamos da abertura de empresa digital somente por um ângulo. 

No cenário atual é possível que existam empresas digitais – isso mesmo, sem prédio físico –  e isso é mais usual do que você imagina. 

O processo para abertura de empresa digital é praticamente o mesmo para empresa física, o que muda é a classificação da sua empresa dependendo do tamanho, faturamento e custos. Abaixo, indiquei as opções mais usadas e suas particularidades:

– MEI: O total de rendimento anual não pode exceder a R$ 81.000,00, e a empresa só pode ter um funcionário;

– ME / Microempresa: O limite do rendimento anual é de R$360.000,00, e a empresa não pode ter mais de 9 funcionários (caso seja do ramo de comercio e serviços), e 19 funcionários (para o ramo de indústria).

-EPP: Para uma Empresa de Pequeno Porte existe um valor mínimo de R$360.000,00 e um valor máximo de R$4,8 milhões no rendimento anual, o limite de funcionários é de 10 a 49 contratados (para o ramo de comercio e serviço), e de 20 a 99 funcionários (para o ramo de indústria).

Para o empreendedor que decidir abrir sua empresa digital existem alguns benefícios na legislação para micro e pequenas empresas, que facilitam e incentivam o processo. Em alguns casos essas empresas podem até contar com a dispensa da viabilidade, que é um grande passo em relação a desburocratização.

Contabilidade digital para empresas

Tudo muito lindo e muito fácil, aí você decidiu tentar abrir sua empresa e empacou já na primeira etapa? Linguagem complicada nas plataformas governamentais, documentos que até ontem você nem sabia que existiam… A contabilidade digital para empresas entra ai!

Hoje, os escritórios de contabilidade oferecem serviços 100% on-line, é o mesmo atendimento que você teria no escritório, mas não precisa se locomover, marcar 4 reuniões e gastar uma pequena fortuna com cópias de documentos. 

Essa forma de trabalho surgiu com a evolução do digital e veio para acompanhar o ritmo dos negócios atuais, duas das vantagens desse serviço é a agilidade e desburocratização da contabilidade. 

Graças à internet, contadores e clientes se comunicam melhor, o cliente conta com mais transparência, organização e segurança, e o contador tem seu tempo otimizado e pode focar em eficiência e produtividade.

O grande benefício é a comunicação, plataformas de gestão integrada permitem ao cliente acessar todos os dados da sua empresa full time, processos, documentos, informações, tudo em um lugar só e através de linguagem simples, com clareza e segurança. 

Tendo em vista que a opção de abertura de empresas de forma digital facilitou muito o processo para empresas e contadores, concordamos que outros serviços como alterações, transformações, incorporações e fusões também poderiam ser feitos on-line, 

Uma boa notícia é que, provavelmente se torne possível a digitalização para os cadastros como Previdência Social, FGTS, CCM, ICMS, entre outros, gerando mais facilidade e desburocratização para os procedimentos que dependem de órgãos públicos.

As informações podem parecer simples para alguns, ou complicadas demais para outros. Em todo o caso, nossa equipe está à disposição para tirar dúvidas e facilitar o processo contábil e administrativo para você e sua empresa! 

Gostou das informações, serviu para você ou será útil para alguém, compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *