Contabilidade para empresas de TI: entenda a importância de ser assessorado por esse profissional

Tempo de leitura: 7 minutos

A contabilidade para empresas de TI é responsável por fazer a gestão fiscal e tributária, além de oferecer suporte e consultoria para o negócio.

Esse serviço é indispensável para garantir o desenvolvimento pleno de atividades básicas como o fluxo de caixa, emissão de relatórios, processamento da folha de pagamento e outros.

Além disso, um serviço contábil especializado oferece todo o suporte necessário para as questões fiscais e trabalhistas, ajuda a selecionar o melhor regime tributário e reduzir os custos gerais da empresa, a fim de contribuir para sua expansão.

A seguir, falamos um pouco mais sobre o papel da contabilidade para a TI.

O papel da contabilidade para TI

A contabilidade é o setor que cuida de todas as questões financeiras, tributárias, patrimoniais e econômicas de uma empresa. 

     Ele lida, diariamente, com demonstrativos, planilhas, guias de pagamento de impostos, contas a pagar e a receber, dentre outros procedimentos que são essenciais para garantir a saúde financeira de um negócio.

Além disso, são os profissionais de contabilidade que orientam o empreendedor sobre todos os aspectos burocráticos relacionados com a abertura ou o fechamento de empresas.

Como cada negócio conta com legislações e resoluções específicas, existem profissionais e escritórios de contabilidade que se especializam para dar atendimento de cada área. Ou seja, na hora de contratar uma assessoria contábil, é fundamental averiguar se ela tem especialidade na área de atuação da empresa.

O papel da contabilidade para a área de Tecnologia da Informação é de então contribuir para o desenvolvimento pleno do negócio e dar acompanhamento a atividades como fluxo de caixa, elaboração de relatórios financeiros, cumprimento das legislações fiscais e trabalhistas, consultoria sobre investimentos e realização de atividades contábeis básicas.

Sendo assim, veja abaixo algumas das atividades em que a assessoria contábil auxilia os empreendedores da área de TI. 

Abertura de empresa

Uma assessoria contábil especializada vai encontrar os caminhos mais práticos para a abertura de empresa e orientar o empreendedor durante todo o processo para conseguir o CNPJ.

Esse suporte é importante para conseguir definir a natureza jurídica e o regime tributários mais adequados para cada negócio, além de garantir eficiência e rapidez para providenciar toda a documentação necessária.

LEIA TAMBÉM: Abertura digital de empresas veio para ficar?

Suporte e consultoria

Além da gestão fiscal e tributária, a contabilidade tem então um papel fundamental no suporte e consultoria para empresas de TI.

Os contadores que prestam serviços para profissionais da área, desempenham desta forma atividades como acompanhamento do fluxo de caixa, resolução de trâmites burocráticos, cumprimento das obrigações trabalhistas e fiscais, elaboração de relatórios financeiros, atividades contábeis básicas e consultoria sobre investimentos.

Profissional autônomo

A contabilidade para profissionais liberais ou autônomos prestadores de serviço de Tecnologia da Informação é de suma importância para garantir a saúde financeira do negócio e criar oportunidades de crescimento.

Embora estes sejam profissionais que trabalham sozinhos, também se faz necessário um CNPJ para desenvolver as atividades, além de cumprir com as obrigações fiscais.

Pessoa Jurídica

Toda empresa que quer iniciar os trabalhos na área de TI precisa de um CNPJ. Portanto, a escolha da natureza é um passo necessário nesse procedimento.

Entre as opções estão o MEI, Empresário Individual, EIRELI, LTDA e Sociedade Limitada Unipessoal. Cada uma delas possui parâmetros próprios.

Para definir qual a melhor opção para cada negócio, a assessoria contábil especializada é a melhor forma de buscar orientação.

Folha de pagamento

A elaboração da folha de pagamento é então um dos serviços indispensáveis para empresas de todos os setores. Dependendo do porte da empresa, a assessoria contábil poderá sugerir a utilização de sistemas automatizados adequados para dar suporte a esse serviço.

Além disso, o processo de contratação de profissionais precisa estar adequado a legislação. Portanto, uma equipe eficiente de contabilidade é a saída ideal para processar a folha de pagamento da maneira certa, evitando erros e problemas futuros.

JÁ CONHECEU NOSSO BLOG SOBRE FOLHA DE PAGAMENTO?

Planejamento de crescimento

A contabilidade não trabalha apenas dando suporte nas atividades de rotina, ela também é de suma importância para a gestão empresarial e o planejamento de expansão do negócio.

Sendo assim, com um planejamento tributário eficiente, por exemplo, onde o time da contabilidade trabalha para reduzir os custos, a empresa então consegue se manter mais competitiva e o impacto sobre o seu crescimento como um todo, será mais significativo. 

Além disso, uma boa gestão financeira é fundamental para garantir então a possibilidade de realização de investimentos constantes, sendo assim como a compra de equipamentos e recursos mais tecnológicos, que permitam então a empresa aprimorar seus serviços e ampliar sua atuação no mercado.

Quais os CNAEs para área de softwares e programação?

Os CNAES mais comuns utilizados na área de programação e desenvolvimento de softwares são:

  • 6201-5/01 – Desenvolvimento de softwares sob encomenda
  • 6202-3/00 – Desenvolvimento de softwares customizáveis
  • 6203-1/00 – Desenvolvimento de softwares não customizáveis

Uma empresa pode ter diferentes CNAEs, desde que eles tenham relação entre si. Dessa forma, um é o principal e os demais são secundários. 

Simples Nacional e Fator R para empresas de TI

Para as empresas de TI optantes pelo Simples Nacional, o limite da receita bruta anual é de então até R$ 4,8 milhões por ano, o que equivale a uma média mensal de R$ 400 mil.

O fator R é o cálculo que determina em qual Anexo Simples Nacional uma empresa se enquadra. Com base em seu resultado, as atividades pertencentes então ao Anexo V podem se enquadrar no Anexo III, que permite uma redução no pagamento de impostos que, consequentemente, ajuda a reduzir o gasto mensal do negócio.

É o código do CNAE que permite ou não a entrada de determinada atividade em um anexo, assim como o código de serviço, conforme a Lei Complementar nº 116/2003.

Acesse o artigo sobre como calcular o fator R no Simples Nacional e descubra onde seu negócio se enquadra.

Lucro real na contabilidade para TI

Tem os tributos apurados com base nos lucros efetivos e sobre os rendimentos mensais ou trimestrais da empresa, sendo obrigadas a optar por este regime, todas aquelas com um faturamento acima de R$78 milhões no prazo da apuração;

Lucro presumido na contabilidade para TI

Este é simplificado para que base de cálculo IRPJ e CSLL sejam determinadas. Todas as empresas que não forem obrigadas a optar pelo lucro real, poderão escolher este regime;

Conheça a CLM Controller, um Escritório de contabilidade para TI

Com mais de 30 anos atuando no mercado, contamos então com uma equipe totalmente qualificada, formada por cerca de 90 colaboradores, registrados no Conselho Regional de Contabilidade e um gerente de conta específico, dedicado e qualificado, para ajudar em suas necessidades.

Veja na lista a seguir alguns dos principais serviços que oferecemos para melhor atender às empresas voltadas para o ramo da tecnologia da informação:

  • Regimes tributários específicos;
  • Reembolso para consultores;
  • Lei sobre a terceirização (consultoria);
  • Gestão financeira.

Entre em contato e agende uma consulta gratuita. Nossos especialistas estão prontos para atendê-lo e as necessidades de sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.