Vale a pena terceirizar o financeiro?

Tempo de leitura: 5 minutos

Terceirizar o financeiro, sob o ponto de vista técnico, é sempre positivo. Afinal de contas, no tempo em que vivemos, marcado pela hiperespecialização de funções, a expectativa é que aderir a esse tipo de solução traga resultados positivos. Já sob o ponto de vista financeiro, é preciso fazer uma avaliação consistente sobre os impactos da contratação de uma terceirizada.

Pensando em lhe ajudar com essa análise, organizamos no post de hoje os principais elementos que devem ser levados em consideração. Falaremos sobre como a terceirização do financeiro pode gerar dividendos, ampliar a capacidade de gestão da empresa, diminuir custos e dos cuidados que devem ser tomados pelas organizações que planejam terceirizar. Não deixe de conferir!

 

Redução de custos

Para muitas empresas, a terceirização do financeiro pode representar uma grande redução de custos. Tenha em vista que o mau andamento de alguns processos podem comprometer resultados do negócio, que ao fim, o que repercute na lucratividade. Imagine, por exemplo, que na apuração e pagamentos de impostos, erros recorrentes levam geram a obrigação de de juros e multas, entre outras penalidades. Isto é, a não execução dessa atividade de forma satisfatória representa um custo significativo. O mesmo pode valer para outras atividades, como gestão de fluxo de caixa, execução de folhas de pagamento e afins.

Desse modo, em um estudo de viabilidade para a contratação de uma terceirizada, esse aspecto deve ser levado em conta. Somado a outros custos indesejados que seriam eliminados com a contratação de uma consultoria, o valor global indicará a viabilidade econômica de se investir nesse tipo de serviço.

 

Ampliação da capacidade de gestão

 

Outro aspecto a ser considerado é a possibilidade de ampliação da capacidade de gestão da empresa com a ajuda de uma terceirizada. Não se esqueça que, ao terceirizar, o quadro de pessoal de sua empresa poderá concentrar esforços na atividade-fim do negócio, que é, efetivamente, a razão pela qual ele foi criado.

Com isso, queremos dizer que uma empresa no ramo de TI, por exemplo, não concentra recursos técnicos/gerenciais para chegar a resultados financeiros cada vez melhores. O que se espera dessa organização é que ela entregue valor na operacionalização de serviços de tecnologia da informação.

 

Capacidade de geração de soluções criativas

 

O serviço terceirizado, em quaisquer áreas, oportuniza que um agente externo, alheio ao que se passa na organização, possa observar de fora todo o funcionamento da gestão. Dessa perspectiva, pode-se avaliar muito melhor os erros e acertos dessa estrutura em funcionamento, algo difícil de ser percebido em sua integralidade por quem está imerso nos processos de trabalho da empresa.

Dessa maneira, podemos afirmar, com alguma segurança, partindo dessa posição de agente externo e detendo amplo conhecimento técnico em gestão financeiras, está em amplas condições de oferecer soluções criativas a empresa contratante. Muitas vezes, essas soluções podem representar a dissolução de situações de dificuldade que pareciam incontornáveis.

Cuidados que devem ser tomados

Depois de discutir os principais pontos que fazem valer a pena ou não terceirizar o financeiro de sua empresa, falaremos de cuidados que devem ser tomados por quem pensa em aderir a esse tipo de solução. Acompanhe:

Invista tempo na seleção da terceirizada

Ao reportar reclamações sobre os serviços de empresas terceirizadas, muitos gestores relatam que se pudessem voltar no tempo, teriam investido mais tempo na seleção do parceiro. Esse é aquele velho arrependimento de quem deixou de lado a ponderação na hora de tomar decisões estratégicas.

Por isso, para não cair nessa armadilha, vale a prudência de quem sabe de que esse tipo de relação de prestação não é algo simples, sendo necessário apostar em uma empresa que realmente tem condições de entregar bons resultados a frente do trabalho.

 

Atenção ao momento de transição

Os primeiros meses da prestação de serviço após a terceirização do financeiro de sua empresa sempre são os mais tensos. Isso porque é preciso implementar uma transição que não rebaixe o nível de qualidade dos processos de trabalho e permita uma “troca de bastão” sem grandes turbulências.

O remédio para isso sempre será muito estudo e planejamento. E como qualquer transição, deve haver um período para aprendizado para que as equipes de trabalho envolvidas compreendam quais são seus novos papéis.

Feche todos os detalhes do contrato

A terceirização do financeiro não é um processo simples e para a contratação de um prestador de serviços é preciso se cercar de todos os cuidados possíveis. No contrato, principalmente, é preciso garantir que as obrigações de ambas as partes estejam expressas com o maior nível de detalhes possível, o que pode evitar frustrações futuras.

Gostou do artigo de hoje com uma discussão sobre se vale a pena terceirizar o financeiro? Aproveitando que estamos falando desse tema, indicamos mais este conteúdo de nosso blog Vantagens e desvantagens de terceirizar o financeiro. Com mais esse material de apoio, temos certeza que você estará pronto para decidir sobre a possibilidade de terceirização.

A CLM Controller oferece um serviço de terceirização de financeiro e pode te ajudar com esta decisão. Para mais detalhes acesse clique aqui

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *